Home Mundo Cristao Novo governo Talibã no aniversário de 20 anos do 11 de setembro

Novo governo Talibã no aniversário de 20 anos do 11 de setembro

18
Taliba-Cabul
O Talibã anunciará o novo governo no Afeganistão nesta data. Foto: Portas Abertas

Talibã anuncia a nomeação dos novos governantes no aniversário de 20 anos do atentado terrorista às Torres Gêmeas dos Estados Unidos

O aniversário de 20 anos do maior ataque terrorista sofrido pelos Estados Unidos é marcado pela primeira vez sem tropas americanas no Afeganistão. O atentado do 11 de setembro de 2001 levou o governo americano a invadir o Afeganistão para derrotar o regime fundamentalista islâmico que dava guarida à Al-Qaeda e seu líder, Osama bin Laden.

Após os atentados, ele se refugiou no Afeganistão, onde ajudou a preparar combatentes árabes para resistir aos soviéticos. No ataque de 11 de setembro de 2001, 19 terroristas sequestraram aviões e colidiram dois deles intencionalmente contra as Torres Gêmeas do World Trade Center, em Nova York.

Os atentados foram coordenados pelo grupo extremista Al-Qaeda. Os prédios desmoronaram duas horas após os impactos, destruindo edifícios vizinhos e causando vários outros danos. Quase três mil pessoas morreram durante os ataques, inclusive civis e os sequestradores a bordo dos aviões. A maioria das vítimas eram civis, incluindo cidadãos de mais de 70 países.

Talibã governa o Afeganistão

Menos de um mês após a retomada do Afeganistão, o Talibã anunciou os funcionários recém-nomeados de seu gabinete interino. De acordo com uma fonte talibã, esse novo governo será inaugurado em 11 de setembro de 2021 – o aniversário de 20 anos dos ataques de 11 de setembro.

Representantes da Rússia, China, Catar, Turquia, Paquistão e Irã estarão presentes para a cerimônia de posse do novo governo. O governo interino será liderado pelo novo primeiro-ministro Mullah Hasan Akhund, que anteriormente serviu como governador da província de Kandahar. Akhund foi descrito como um “estudioso conservador e religioso cujas crenças incluem restrições às mulheres e a negação dos direitos civis para minorias étnicas e religiosas”.

Outro ponto preocupante é que Sirajuddin Haqqani foi nomeado como novo ministro interino do Interior. Haggani é um extremista conhecido por fazer parte da lista dos homens mais procurados pelo FBI. A recompensa pela cabeça do extremista é de cinco milhões de dólares. O porta-voz do Talibã, Zabihullah Mujahid, não mencionou quanto tempo esse novo gabinete servirá ao país.

*Com informações de Portas Abertas

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here